18 praias brasileiros recebem o selo ecológico Bandeira Azul


No total, temporada de verão contará com 24 atrativos naturais certificados internacionalmente

A praia de Piçarras (SC) teve a certificação renovada. Crédito: Renato Soares/MTur

O Brasil contará com 24 atrativos naturais certificados com o selo ecológico do Programa Bandeira Azul na próxima temporada de verão. Após deliberação do júri do programa, 13 praias e seis marinas brasileiras tiveram a certificação renovada e outras cinco praias receberam a chancela pela primeira vez. A análise leva em consideração mais de 30 requisitos que devem ser atendidos pelos candidatos.


Entraram para a lista da temporada de 2020/2021 as praias da Reserva, no Rio de Janeiro (RJ); de Itacimirim, em Camaçari (BA); do Forte, em São Francisco do Sul (SC); da Conceição, em Bombinhas (SC); e a praia Grande, na cidade de Penha (SC). (Confira a lista completa no fim da página)


Este ano, os destinos brasileiros contemplados com a certificação poderão hastear a Bandeira Azul a partir de 16 de novembro e deverão seguir os decretos estaduais e municipais que incidem sobre a área da praia ou marina, em razão da pandemia de Covid-19.


Para obter a certificação, desenvolvida pela organização internacional não-governamental e sem fins lucrativos FEE (Foundation for Environmental Education), o programa analisa a qualidade da água com exames periódicos de balneabilidade, além de infraestrutura, segurança, acessibilidade e o compromisso das comunidades com o meio ambiente e a sustentabilidade dos destinos turísticos.


SOBRE O BANDEIRA AZUL - O Programa Bandeira Azul promove o desenvolvimento sustentável em áreas de água doce e marinhas e desafia as autoridades locais e os gestores de praia a alcançarem altos padrões de qualidade em quatro temas: qualidade da água, gestão ambiental, educação ambiental e segurança. Ao longo dos anos, a Bandeira Azul tornou-se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente de maneira local, regional e internacional.


Conheça os locais do Brasil aprovados para a temporada 2020/2021:

Praias:

Renovação:

  • Praia do Tombo – Guarujá, SP

  • Prainha, Rio de Janeiro – RJ

  • Lagoa do Peri, Florianópolis – SC

  • Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe, Salvador – BA

  • Praia Grande, Governador Celso Ramos – SC

  • Praia do Peró, Cabo Frio – RJ

  • Praia do Estaleiro, Balneário Camboriú – SC

  • Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú – SC

  • Praia de Piçarras – Balneário Piçarras – SC

  • Praia de Guarajuba, Camaçari – BA

  • Praia de Quatro Ilhas, Bombinhas – SC

  • Praia de Mariscal, Bombinhas – SC

  • Praia da Saudade – Prainha, São Francisco do Sul – SC

Primeira temporada:

  • Praia da Reserva, Rio de Janeiro – RJ

  • Praia de Itacimirim, Camaçari – BA

  • Praia do Forte, São Francisco do Sul – SC

  • Praia da Conceição, Bombinhas – SC

  • Praia Grande, Penha – SC

Marinas

Renovação:

  • Marina Costabella – Angra dos Reis, RJ

  • Marinas Nacionais, Guarujá – SP

  • ICSC, Florianópolis – SC

  • Marina Kauai, Ubatuba – SP

  • Tedesco Marina – B. Camboriú – SC

  • Voga Marine, Ubatuba – SP

As entidades que fazem parte do júri do programa no Brasil são: Ministério do Turismo, Educação e Meio Ambiente, a Secretaria do Patrimônio da União, a Associação Náutica Brasileira, a Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro, a Fundação SOS Mata Atlântica e a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático. Anualmente, as entidades se reúnem para aferição do cumprimento dos critérios e deliberação sobre quais praias, marinas e embarcações serão submetidas ao júri internacional.

Fonte: Ministério do Turismo

#praias #turismo #viagem #férias

LOGO TC CDR W.png