Bate-Bola da Captação debate contratação de profissionais no tempo compartilhado


Gestores de marketing participaram de transmissão da Turismo Compartilhado

  • Fábio Mendonça

Participantes do Bate-Bola da Captação, na coluna da esquerda: Flávia Correia, da Turismo Compartilhado, e Léu Couto; na coluna da esquerda: Edu Marcelino, Erenilson Rodrigues e Welerson Mota

Visando debater a profissão de captador de clientes ou promotor de marketing, a Turismo Compartilhado, junto a quatro gestores de marketing de projetos de timeshare e multipropriedade, promoveu na noite de ontem, 08/06, o primeiro Bate-Bola da Captação, que foi transmitido ao vivo no canal do Youtube da Turismo Compartilhado.


Além da participação e interação de grande audiência, o programa contou com os seguintes gestores de marketing: Erenilson Rodrigues, da Aviva; Edu Marcelino, da GAV Resorts; Welerson Mota; e um dos pioneiros da captação de clientes do tempo compartilhado no país, Léu Couto.


O primeiro Bate-Bola da Captação teve como tema central as estratégias de contratação do promotor de marketing, o que as empresas buscam, como os profissionais devem procurar os empregos.


Edu Marcelino disse buscar, durante processos de seleção de vagas, profissionais que têm metas, sonhos e atitudes. ‘’Normalmente minhas entrevistas duram entre uma hora a uma hora e meia, pois quero conhecer o profissional. Não gosto de candidatos com respostas prontas’’.


Erenilson Rodrigues explicou que normalmente o mercado busca profissionais, para captação e vendas, mais extrovertidos, carismáticos, que sabem dialogar e com sorrisos fáceis. Porém, para ele, focar nestas características não é suficiente. ‘’Já trabalhei com tantas pessoas mais introvertidas que se tornaram bem sucedidas, que posso falar que o mais importante é o candidato ter caráter. O perfil mais adequado é a pessoa ser determinada, com objetivos na vida, por mais jovem que seja’’.


Essa mesma linha é defendida por Welerson Mota, conhecido por Amarelinho. ‘’Antigamente eu preferia a pessoa que era muito extrovertida, mas depois com o tempo, percebi que os valores das pessoas fazem mais diferença’’.


Léu Couto alertou que os líderes e gestores devem ter muito cuidado na hora as contratações para não cometerem erros e avaliarem equivocadamente os candidatos por preconceitos ou buscarem pessoas com perfis específicos. ‘’Na hora que vamos contratar temos que tomar cuidado para tomar uma decisão precipitada, pois cada profissional tem o seu valor’’.


Além da contratação de profissionais, os gestores também falaram mais assuntos sobre a profissão de captador de clientes, como dicas profissionais, e também sobre a retomada do mercado após a paralisação por causa da pandemia da Covid-19.


Assista ao programa Bate-Bola da Captação:


#turismocompartilhado #tempocompartilhado #bateboladacaptação #marketing

LOGO TC CDR W.png