ILOA Resort planeja lançar empreendimento de multipropriedade


Felipe Cavalcante explica os próximos passos do complexo alagoano, após anunciar na semana passada a paralisação temporária das operações hoteleiras

* Fábio Mendonça


O período de pandemia trouxe mudanças no planejamento estratégico do ILOA Resort, em Barra de São Miguel/AL. Na semana passada o resort anunciou a paralisação momentânea das operações hoteleiras do complexo e que nos próximos meses irá se dedicar a selecionar uma administradora para o complexo, mas as atividades condominiais e do ILOA Vacation Club continuam funcionando normalmente.


Agora, o ILOA anuncia os planos de lançamento de um empreendimento no modelo de multipropriedade para o próximo ano. O diretor do ILOA Resort, Felipe Cavalcante, explica essa nova fase do complexo, com a busca por uma administradora hoteleira e o pré-desenvolvimento da multipropriedade e as novas parcerias para este negócio.


Por que investir na multipropriedade neste momento? O cenário de pandemia oferece mais riscos ou oportunidades neste modelo de negócios?

Na verdade, nossa idéia é lançar o projeto no próximo ano quando acreditamos que a situação estará mais controlada. Mesmo que ainda estejamos convivendo com a pandemia, tenho convicção que a sociedade como um todo terá aprendido a conviver com ela. O ser humano é muito inventivo e criativo e encontrará maneiras de reduzir o risco e aprender a lidar com o vírus.


Além disso, a natureza humana não será alterada. As pessoas continuarão a sentir necessidade de viajar, de fugir da rotina e de viver novas experiências. Por isso, acredito que tanto a multipropriedade quanto o timeshare continuarão a fazer todo o sentido, já que são produtos atrativos e que agregam muito valor às pessoas.

Como ficará o programa de férias do ILOA, que é no modelo de timeshare, com a chegada da multipropriedade?

Não mudará nada para os nossos clientes atuais, que continuarão a usufruir do clube de férias e dos intercâmbios com a RCI. Os contratos serão respeitados e cumpridos normalmente e nosso time de relacionamento com clientes continuará ativo como sempre.

A diferença é que iremos parar de comercializar timeshare e passar a comercializar multipropriedade.

Como será esse novo empreendimento do ILOA? Uma nova construção ou transformará os atuais apartamentos do resort em multipropriedade?

Teremos duas etapas. Na primeira etapa daremos continuidade ao condomínio ILOA Residence II, só que em vez de ser no formato de propriedade plena será em formato de multipropriedade. Essa etapa tem a vantagem adicional de ter todas as licenças e estar pronta para lançar e construir de imediato, além de ser formada por diversos blocos com no máximo 20 apartamentos. Com isso, poderemos dosar a oferta de unidades de acordo com a demanda do mercado, reduzindo o risco.

Já a segunda etapa será construída em uma área de expansão do ILOA e estão previstos 250 apartamentos com acesso e estrutura próprios, independente do ILOA.

Quais parceiros o ILOA procura para o novo negócio? Incorporadora, investidores, sócios, consultoria, comercializadora, construtora, etc?

Estamos procurando por incorporadores parceiros, pois já temos fundos de investimentos e comercializadoras interessadas em participar do negócio, financiando tanto a obra quanto a comercialização, que são as duas principais despesas do negócio.

O parceiro deste negócio terá que aportar algum capital?

Como falei na pergunta anterior, o investimento será reduzido, já que as principais despesas já possuem investidores e empresas interessados em financiar. Realmente é uma situação única, tendo em vista que o incorporador estará tendo a oportunidade de realizar um empreendimento em um projeto conhecido nacionalmente como o ILOA, no destino mais badalado de Alagoas, a Barra de São Miguel, e com baixíssima exposição de caixa.

Qual a previsão de reabertura do ILOA?

Anunciamos na semana passada uma mudança no modelo de gestão do ILOA. Estamos negociando com algumas administradoras para tocar o dia-a-dia do empreendimento. Continuaremos como proprietários do ativo, mas sem envolvimento na operação, enquanto focamos no desenvolvimento do empreendimento de multipropriedade. O empreendimento continuará atendendo a seus condôminos e clientes do ILOA Vacation Club e assim que fecharmos com a nova administradora as demais atividades serão retomadas.

#iloaresort #multipropriedade #complexoturístico #operaçõeshoteleiras


LOGO TC CDR W.png