­Qual a importância de um mentor profissional?


O mentor guia os seus seguidores até atingir os objetivos, conferindo o suporte e a bagagem necessários para a evolução

  • Maria Laura Saraiva

Kendgy Amano e Léu Couto

Quase todas as pessoas precisam de alguém na sua vida para se inspirar e usar de exemplo. Essa pessoa pode ser um pai, um professor ou até algum amigo. Profissionalmente, essa figura é o mentor. Seu trabalho vai muito além de apenas servir como modelo; o mentor é aquele que dá suporte e encoraja seus seguidores a atingirem seus objetivos, os ajuda a desenvolver as suas habilidades e acompanha as suas evoluções.

Mas qual é a verdadeira importância de possuir um bom mentor?

“Ele é aquela pessoa experimentada, que já aprendeu com seus erros e agora possui uma bagagem que o diferencia. É uma pessoa aberta a mudanças e sempre bem informada, com conhecimentos para transmitir aos seus discípulos. Ele é empático, não julga, apenas esclarece e ajuda. Esse é o mentor”, define Kendgy Amano, sócio diretor da ASC consultoria.

O empresário da LC Imóveis e um dos pioneiros na captação de clientes de tempo compartilhado no Brasil, Léu Couto, também opinou sobre o papel da mentoria profissional: “Um bom mentor é aquele que sabe passar seu conhecimento e avaliar a postura dos seus liderados. Ele não é uma sumidade que tudo sabe e tudo pode fazer, mas ele precisa impor respeito e, em primeiro lugar, servir a sua equipe”.

Segundo Kendgy, um guia profissional ajuda seus seguidores a se conhecerem melhor e, com isso, também a identificarem suas qualidades e desenvolvê-las com mais facilidade. ‘’Ter alguém para auxiliar nos momentos de fraqueza e dificuldade é muito importante, principalmente se essa pessoa te ajuda a conquistar uma inteligência emocional para enfrentar os futuros problemas’’, recomenda.

Bons mentores podem mudar a vida de várias pessoas, principalmente a partir da agregação de valores, como o incentivo ao estudo e ao desenvolvimento pessoal, segundo Léu. “Ele torna as pessoas seres humanos melhores. É muito bonito quando um líder tem um elo de ligação assim com a sua equipe; os outros passam a segui-lo porque confiam nele”.

Ensinamentos das lideranças

Além de ter um mentor, é fundamental saber aproveitá-lo da melhor maneira e extrair o máximo os conhecimentos que ele pode transmitir. “Ouvir é e sempre foi a melhor maneira de aprender. Não ter medo de perguntar, de assumir seus erros e suas fraquezas também é necessário para que o seu líder entenda melhor quem é você, quais são as suas qualidades e defeitos”, aconselha Kendgy.

‘’Muito provavelmente esse seu guia já passou pelas demais funções da equipe e conseguiu superar todas as pedras no caminho, portanto mais do que o conteúdo técnico, ele tem conselhos práticos para oferecer’’, afirma Léu. Observar o seu mentor e ter humildade, tanto para aprender, quanto para escutar, é uma das melhores maneiras de extrair o conhecimento e evoluir cada vez mais, “mesmo que você não concorde com o que ele diga, se você está atento aos detalhes, pode aprender muita coisa importante”, completa o empresário

Responsabilidade do mentor

Mas não só os discípulos, os mentores também possuem suas responsabilidades. Para o diretor da ASC consultoria, ser um exemplo a ser seguido faz com que os deveres aumentem: “não adianta ser um bom profissional se você não é uma boa pessoa”. Como um guia, o mentor deve mostrar o caminho certo, mostrando que estudo, trabalho, dedicação e disciplina proporcionam evoluções reais’’, comenta ele. “É de extrema importância mostrar quais são os verdadeiros valores e o que realmente importa”.

O mentor deve se atentar para que a sua influência seja sempre positiva e benéfica para os seus discípulos, de modo que não aconteça um efeito inverso do esperado: “Existem falsos mentores, aqueles que podem desejar apenas atenção e acabar atrapalhando o futuro da equipe, conduzindo-os de maneira equivocada”, alerta Couto. Ele também aconselha as empresas a escolherem seus líderes com atenção por esse motivo: “a responsabilidade é muito grande. Nós entramos na vida das pessoas e as mudamos - para bem ou para mal”, finaliza.

#mentor #profissional #tempocompartihado #asc

LOGO TC CDR W.png