WAM lança empresa de vendas digitais de multipropriedades


Meta da Segunda Casa é chegar a 20 mil cotas comercializadas até 2022

Em um momento como o atual, todo o mercado está empenhado na reativação e construção de um novo futuro para o Turismo, novos procedimentos e novas regras para atuar no mercado. A WAM Group, pensando neste novo modelo, retoma suas atividades tornando-se ominichannel e adequando toda sua operação aos novos procedimentos de segurança e experiência do cliente. A empresa se juntou a empresários cariocas do segmento on line para lançar um novo braço de negócios, a Segunda Casa, startup especializada em vendas digitais de multipropriedades.

Segundo Raphael Andrade, sócio da Segunda Casa, “o planejamento para o ano de 2021 da empresa tem foco na expansão de mercado, novos empreendimentos pelo Brasil e previsão de crescimento de 30% nas vendas neste 1® ano de funcionamento, chegando a 70% no 3® ano”.

Com a necessidade de atender os clientes de forma on-line, a Segunda Casa nasce como uma empresa que oferece toda qualidade e portfólio da WAM Group. Nesse modelo, o cliente pode adquirir qualquer empreendimento comercializado pela WAM sem sair da sua casa, sendo sua jornada totalmente digital.

A captação é realizada através de redes sociais, a apresentação do produto é feita por consultores especializados, virtualmente ou através da plataforma online de vendas, e a assinatura do contrato é digital.

Essas são algumas das ferramentas da Segunda Casa. “A forma digital de encantar e atrair clientes vai além de um departamento, por isso fundamos a Segunda Casa, uma unidade de negócio com sócios que entendem do assunto para pensar e fazer tudo on-line”, comenta André Ladeira.

A WAM alcançou mais de 30 mil cotas vendidas em 2019, em 12 destinos como Rio de Janeiro, Porto Seguro, Caldas Novas, Gramado e Búzios. A Segunda Casa já nasce grande: “Startup é sinônimo de ofertas mais inteligentes, conveniência e melhor compra, esse é o modelo que vamos seguir para garantir aos brasileiros mais qualidade nas suas férias, nos melhores destinos do Brasil”, afirma Cadu Cerizze, diretor operacional da Segunda Casa.

“Com a meta de chegar a 20 mil cotas imobiliárias em vendas até 2022 e VGV de 700 milhões de reais, a intenção é espalhar a oportunidade de ter a Segunda Casa nos destinos mais atraentes do Brasil, nesta retomada da economia brasileira’’, diz Thiago Silva, diretor executivo da WAM Digital.

André Ladeira explica que a Segunda Casa adota uma abordagem de venda consultiva, personalizada e com foco na necessidade de cada cliente. “Sem o imediatismo das vendas por impulso, levamos aos clientes uma possiblidade de planejamento de férias, estimulando uma compra consciente, um investimento sólido para desfrutar de momentos de diversão e lazer da família. Adaptamos produtos e abordagens para que o turismo continue fazendo parte dos projetos em família”.

Salas de vendas presenciais

Ainda no começo de agosto, todas as operações da WAM já estavam preparadas para a reabertura das salas de vendas. São 14 operações, nos principais destinos turísticos do Brasil, que se adequaram aos novos protocolos sanitários, preservando a experiência do turista e dos colaboradores.

Fonte: WAM Group

#wam #segundacasa #tecnologia #vendasdigitais #multipropriedade

LOGO TC CDR W.png